segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Aqui vou eu mais uma vez....e viva o fio do bigode....

          Outra vez, nesta cruzada ou seja lá o que isto parecer, vou indo neste caminho levando adiante os pensamentos deste quadrinista que tá se entremeando nos blogs sacando as próprias tentativas de entender o que ninguém tá entendendo, e a pergunta, onde é que está todo mundo? É tudo muito absurdo e alguma coisa fônico este lance todo (talvez algoqualquerfânico...) Epifânico com certeza não...

    Quero desenhar uma história !

        Mas não serve a do João Goiaba, ela está parecendo-me boa demais pra mim, mesmo que eu seja o criador do dito cujo, meu que complicação generalizada, o mundo evoluiu mas deixou um monte de gente pra trás, tem  gente (não é pejorativo,nem discriminação com os demais itens da criação ou da malcriação...) com as mãos em todo tipo de nova tecnologia que não saberia fazer uma lamparina com um pedaço de barbante e algum combustível, e tem  gente (idem) que sabe fazer isto mas nunca viu um quarto do que há de tecnologia... e isto tá no mesmo nível de todas as desigualdades e exclusões que existem, visto que o conhecimento deveria ser acessível a todo mundo,Tô certo?

      Por exemplo, o contexto de geração de energia elétrica é bastante básico, quantas pessoas saberiam fazê-la usando os meios mais simples?
      Creio eu que uma pequena parcela dos que conhecem todo tipo de tecnologia e uma pequena que conhece uma pequena fração de tecnologia... porquê? por que evoluímos e deixamos de ser cientistas do dia a dia... fazemos bolos seguindo receitas, ( até o coito que foi inventado por acaso, hoje tem receita, tese, monografia...) Fazemos arroz seguindo a receita e aí precisamos de um acidente pra ter algo novo... a Arte... SEGUIMOS A RECEITA... E TORNA-SE RARO QUANDO SURGE ALGO NOVO... E NOUTRAS VEZES ESQUECEMOS A RECEITA E NEM ASSIM SURGE ALGO NOVO...
       Se um dia houvesse uma pane em tudo o que hoje é digital, um pane na tecnologia de ponta,(dos meios e das beiradas...) e tudo o que tivessemos fosse a Alavanca e as roldanas, as engrenagens e as correias, quanto da humanidade daria conta do recado?
Como seria esse mundo sem orkut? sem facebook, sem blog pra mim postar esse tipo de coisa!!!
Eu ainda sei como se trabalha com uma enxada, como se planta alface, feijão e mandioca... sei alguns principios básicos uns poucos fundamentos da física... Bem sei lá, eu só queria desenhar uma HQ e ganhar uma mixaria por isso... Pra sair na rua e fazer essa mixaria circular de novo, mas depois de servir a um quadrinista que quer desenhar uma história... acho que baixou um download do Harvey Pekar e tá me influenciando...
           Mundo cão onde eu pobre tenho de provar que sou pobre... se fosse o contrário teria de provar isso também... na época de meus antepassados, bastaria um fio de bigode...A "Cultura do bigode" um salve!!!
           Que descomponham pelo tal esta situação esqüisita (primeira vez que uso o trema em 25 anos!) onde eu artista de certo modo (vivendo como vivo, fazendo as coisas que faço ,...Xiii... melhor parar por aqui...), o chato de usar parenteses é isto, fica atravessado, é por isso que existe um negócio chamado atravessador, é quendo entra um parente ou um colchete na estória....
           Dizia eu no pargrafo anterior que deve-se descompor pelo tal esta situação esquisita (sem o trema mas com tema) onde um artista esteja sujeita amais outras  tantas chateações além daquelas cotidianas e corriqueiras, eu gostaria de ter um certificado de Auto-didata pra poder continuar a aprender de meu jeito... e aí com a simplicidade que o mundo oferece e sem saber de nada eu aceitei, com esta humildade e com as humilhações que estas acompanham nunca em momento algum, alguem deverá ser questionado quanto as suas verdade de vida nem tampouco sentir a pequena fração de dignidade que lhe deveria ser de direito ser ferida com constrangimentos bobos.
Entrtanto a este quadrinista resta apenas manifestar-se postando esta arte de Angelo Agostini, este sabia o que fazia... creio eu...
Sem mais o Wendell Sacramento tá de saída, um Queijo do Gordo!!! salve Jô!
Este aí tá que tá!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário